Como organizar uma loja de lingerie do jeito certo para aumentar as vendas

Revender lingerie, seja por catálogo, online, porta a porta ou com loja física é um segmento que tem potencial no mundo todo e que pode ser bem aproveitado se você souber exatamente o que precisa fazer.
Quem opta pela última opção, revender em loja, precisa saber algumas coisas a mais para que o negócio alcance 100% seu potencia de vendas.
Além das peças de qualidade, é essencial que cada cliente que entre no seu espaço tenha uma boa experiência, seja com a compra ou com o atendimento.
Uma loja bem montada, arejada, limpa, bem decorada e com uma vitrine atrativa são fatores decisivos para que suas clientes visitem você, e não seu concorrente.
Fique atenta as dicas a seguir e tire essa idéia do papel. Se você já tem a loja funcionando, checklist e observe se está colocando tudo em prática.

1- Aproveite ao máximo o espaço disponível

Antes de sair pensando em decoração, ornamentação de vitrine e detalhes extras, organize o esqueleto da sua loja. Organize as prateleiras e araras de forma estratégica. Um truque muito usado no comercio em geral, principalmente de moda,são as peças de maior saída na entrada da loja. Os produtos com menor saída coloque na extensão dos corredores e arredores do estabelecimento.

2- Exponha em manequins as peças mais bonitas da loja

Com moderação, sempre! A idéia é que suas clientes sejam atraídas pela beleza do produto. Exagerar na quantidade pode passara impressão de uma loja amontoada e desorganizada, e pela quantidade de informação visual, confundir o foco da cliente e ela acabar saindo sem levar nada.

3- Peças e lingerie na altura dos olhos

Essa dica serve principalmente para as peças de maior saída. Sobre as peças complementares, posicione as estantes ou prateleiras uniformemente ao longo da parede, proporcionando uma visão agradável, organizada e que destaque mais as lingeries.

4- Estoque sempre arrumado

Quando a cliente gostar de  uma peça de lingerie e pedir para experimentar,  por exemplo, uma cor ou tamanho diferente, é fundamental que sua vendedora já saiba exatamente onde está o produto. Algumas lojas, por falta de um espaço específico para estoque, optam por armários e gavetas moduladas na área de vendas. Nesse caso, a cliente verá o funcionário pegando o modelo que ela escolheu, então a regra principal é mostrar a ela limpeza e organização, pois é aquele produto que ela vai usar como peça íntima.

5- Separe as araras ou expositores por categorias

Como em qualquer outro empreendimento, os departamentos devem ser separados da melhor forma, para que fique prático a cliente olhar a loja toda, ou ser atraída para peças de lingerie específicas que ela esteja precisando. Uma área só para sutiãs, outra para calcinhas, outra apenas para conjuntos de lingerie. Dessa maneira, além de ficar mais organizado, você oferece a cliente várias opções de escolha, seja com peças avulsas ou não.

6- Invista em iluminação

Após montar ou redefinir a estrutura e a composição dos móveis, um ponto de atenção é a iluminação da sua loja de lingerie. Uma loja escura ou mal iluminada faz com que as clientes não tenham vontade de entrar para conhecer os produtos, pois desvaloriza o espaço interno e literalmente ofusca a beleza das peças.
E ainda pior: no local de provador, sem a iluminação certa, a cliente pode não enxergar na peça que escolheu potencial de compra, ou até mesmo não se sentir bonita usando a peça.

Constantemente se pergunte como pode fazer melhor as coisas e continue se questionando.

Coloque as dicas em prática, e boas vendas!