E-Commerce de Lingerie

Você está antenado aos novos modelos de negócio e percebeu que venda online, o famoso e-commerce é o futuro para venda de lingerie?
Você quer vender lingerie online porque sabe que da lucro e não quer cometer erros de principiante?
Está no caminho certo por buscar informação, essa área está em constante evolução, e acompanhar as tendências do mercado é essencial para obter crescimento, e consequentemente vendas e lucro.
Aplique agora mesmo essas dicas e veja resultados diferenciados.

1- O foco deve ser a rentabilidade

Qualquer empresa, por mais inovadora e criativa que seja, só sobrevive através de lucro. Qualquer estratégia de reconhecimento de marca para e-commerce de lingerie deve ter como prioridade absoluta trazer rentabilidade. Desafios e pedras no caminho do empreendedor, inevitavelmente surgirão, mas com foco sempre se supera tudo.

2- Como atrair visitas para meu e-commerce de lingerie

* Antes de pensar em conversão, entenda quem é seu público. O público online é muito diferente do público de loja física. Esteja sempre atento aos indicadores de busca orgânica do seu site. É a melhor forma de atrair clientes ao seu site de lingerie, pois você não paga nada com esse tipo de busca.
* E-mail marketing é a solução ideal para atrair aquele cliente que converteu em vendas em sua loja online. É uma excelente ferramenta, que se bem trabalhada pode vender muito e atrair ainda mais clientes, pois você está lidando com pessoas que já tiveram alguma experiência de compra, ou quase compra no seu site.
* Redes sociais: Praticidade e relacionamento direto com quem vê sua marca ou site. A divulgação nesse tipo de plataforma cresce a cada dia, e você “sente” a aceitação do produto, marca e promoções. Não deixe de postar com frequência, quem é visto é lembrado. Invista em design de qualidade para os posts, com linguagem acessível e que fale com diversos públicos.
* Mantenha a parte visual do seu site bem clean, fotos das peças com excelente qualidade, de preferência contrate um fotógrafo profissional e faça ensaios humanizando as peças com modelos. Para e-commerce de lingerie feminina é primordial se atentar a esse detalhe, uma vez que esse público, especificamente, compra por impulso, e vai se “enxergar” usando a peça através da modelo.

3- Seu site está fácil de navegar?

As informações estão claras? Seus clientes conseguem visualizar facilmente todas as etapas do processo de vendas? Os prazos de entrega estão bem explicados?
Se não, altere agora. Se coloque no lugar do usuário. Você sabe, ele não.

4- Um e-commerce só cresce com bom atendimento

Você pode ser especializado em todos os tópicos acima, mas se não presta um bom atendimento, não responde clientes, não tira dúvidas, não respeita prazos de troca ou gera qualquer desconforto ao consumidor por falha nesse quesito, repense seus conceitos de atendimento.
Faça agora uma busca nos comentários, pedidos de troca e dúvidas, analise como se você estivesse do outro lado, e se faça 3 perguntas:
* Fui bem atendido e tratado como um cliente especial?
* Voltaria a comprar nessa loja ou indicaria a algum amigo?
* O produto que recebi é tão maravilhoso como o que vi na foto ao clicar em comprar?

Se você tiver o mínimo de dúvida ao respondê-las com sim, recomeçe, e jamais esqueça que da maior estratégia de marketing ou planejamento de vendas, seu cliente sempre sera sua maior referência.
Uma reclamação não resolvida pode virar propaganda negativa rapidamente e gerar uma grande repercussão. Uma reclamação bem resolvida gera nova venda, troca com diferença e novos clientes, numa rede infinita.

Dica extra e não menos importante:

A maioria dos e-commerces de lingerie não tem, nao cometa o mesmo erro.
Descreva detalhadamente os tamanhos das peças comercializadas, seu cliente não pode experimentar para ver se serve.
Seja absurdamente detalhista ao descrever sua peça para evitar insatisfação por falta de informação. O ideal é ter diversas imagens de pessoas com diferentes biotipos usando as peças, ou então uma tabela exata de medidas.

Tudo parece impossível até que seja feito. Boas vendas!